logo do cabeçalho
Gravataí

PAC permite vida nova às famílias do entorno do arroio Barnabé

As obras do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC Barnabé seguem em ritmo acelerado. As famílias que serão beneficiadas com novas moradias, ao verem a construção dos condomínios, já podem planejar uma nova vida. Esse é o caso da família de Elisângela e Cleomar que, junto com os filhos, ganharão uma unidade no segmento AB.

Elisângela Pereira Cunn, 31 anos, autônoma, morava na região conhecida como “Beco do Mijo”. No local de sua antiga casa será construído o anfiteatro do segmento DE. Hoje, ela e a família ocupam uma moradia provisória, com aluguel pago pelo PAC, próximo ao condomínio que habitarão a partir de agosto.

“Quando saí da minha casa, fui indicada para representar as outras pessoas que também ganharão novas moradias”, diz Elisângela, que estabelece o elo entre os moradores da região do segmento DE e a Secretaria Municipal de Captação de Recursos.

Nossa vida vai melhorar”

Cleomar Fernandes Vigil, 55, é pedreiro e casado há quatro anos com Elisângela. Ele exalta o projeto de revitalização do entorno do arroio Barnabé, dizendo que a equipe de trabalho social do PAC foi muito atenciosa na hora da mudança. “Conversaram bastante conosco e explicaram o projeto. Mostraram que a nossa vida vai melhorar com as obras”, diz Cleomar.

O serviço que vai possibilitar a reurbanização e a limpeza da área próxima ao arroio também é lembrado por Cleomar. “O Programa foi muito bem elaborado. Agora, as pessoas têm que se conscientizar para manter tudo limpo, sem o risco de doenças ou enchentes”, lembra.

Proximidade

Os três filhos de Elisângela também demonstram alegria ao falar da nova moradia. Richard, 11, conta que não vai estranhar a mudança, pois tem muitos amigos que moram próximo ao segmento AB. “Eu vou estudar mais perto de casa”, diz. Thalia, cinco anos, fala sobre o que mais vai gostar na casa nova. “Eu vou brincar na pracinha”, afirma, referindo-se ao playground que será instalado no condomínio AB1.

Os três filhos de Elisângela também demonstram alegria ao falar da nova moradia. Richard, 11, conta que não vai estranhar a mudança, pois tem muitos amigos que moram próximo ao segmento AB. “Eu vou estudar mais perto de casa”, diz. Thalia, cinco anos, fala sobre o que mais vai gostar na casa nova. “Eu vou brincar na pracinha”, afirma, referindo-se ao playground que será instalado no condomínio AB1.

Integrando o PAC

Elisângela e Cleomar ainda não sabem em qual apartamento vão residir. Sabem apenas que será no condomínio AB2. “Ficamos felizes em saber que será nosso”, salienta Cleomar. Ele conta ainda que confiou no sucesso do Programa desde o início e não teve medo de errar. “Vimos que era algo sério”, frisa.

Vivendo o PAC

A família está consciente de que, para manter os benefícios do Programa de Aceleração do Crescimento após o final das obras, como a limpeza e a revitalização da região, a comunidade beneficiada precisa se sentir participante do PAC Barnabé. Ao serem questionados sobre seu papel no Programa, Elisângela e Cleomar não têm dúvidas. “Nos consideramos parte integrante do PAC”, comemora Cleomar.

Fotos: Mateus Ferraz